Roupas para Amamentação

Estamos de volta com mais um post da série Maternidade & Estilo!

Se você perdeu o primeiro, vem ver aqui. E se você não sabe do que estou falando, vou resumir: Eu, a Nati (Limone) e a Fer Montoro (Sou Consultoria) nos juntamos para trazer todas as nossas dicas sobre esse grande tema e abrir essa conversa, que pode até começar com roupa, mas sabemos que vai muito além 😉

Hoje vamos aprofundar no tema Amamentação – um dos mais pedidos por vocês no Instagram. Ao contrário do que dizem, amamentar pode não ser nada natural e intuitivo e ter uma roupa que não atrapalha o processo (já bastante desafiador) vale ouro.

Isso significa ter lingeries pavorosas e roupas estranhas nas quais você não se reconhece? A gente, de verdade, acredita que não. E de novo: acreditamos que função e estilo podem sim andar lado a lado, na amamentação também.

Mas antes de entrar nas dicas, sentimos que precisamos falar de duas coisas importantes:

Este post não contém propaganda! A gente vai citar algumas marcas e lojas mas não ganhamos nada com isso. Quer dizer, nada além do fato de compartilhar nosso conhecimento acumulado com vocês e nos livrarmos do karma que persegue mulheres que não ajudam outras mulheres 😉

Nenhuma das dicas tem a intenção de sugerir que uma mulher amamentando deveria se esconder ou se sentir envergonhada. Pelo contrário, são dicas para te dar a praticidade e o conforto para que você amamente a qualquer hora e em qualquer lugar. Amamentar é um direito seu e do(a) seu(a) filho(a) e te incentivamos a, quando possível, fazê-lo de forma exclusiva e sob demanda, pelo menos, pelos seus primeiros meses de vida (mas não se martirize caso esse não seja seu caso, ok?)

Olha a Nati aqui provando que amamentar vai da feira ao baile (literalmente)!

Posicionamento esclarecido, vamos às dicas então?

1) Sobre sutiãs

Já falamos um pouco disso no primeiro post: pode ser que você sinta necessidade de comprar um sutiã novo logo no início da gravidez pelas mudanças no seu corpo. Se você puder, já compre um que sirva para amamentação depois. As nossas opções favoritas aqui:

Os específicos de amamentação podem ter mais carinha de top (normalmente com essa modelagem transpassada) ou de sutiã (normalmente terão a alça click e podem ser mais molinhos ou mais durinhos, até com bojo).

Mari aqui: eu usei todos os esses tipos e gostava de todos, cada um pra sua ocasião. O da Medela era minha escolha para dormir e amamentar durante a noite. Os de bojo funcionavam muito bem para acomodar o absorvente de leite que eu precisava colocar dentro do sutiã (vamos falar disso mais pra frente) e os mais molinhos eram minha escolha para o dia-a-dia depois que a minha produção de leite estava regulada e não vazava mais.

Vale dizer, que hoje já existem sutiãs absorventes como esse da Pantys – eu particularmente não usei mas achei uma ideia maravilhosa!

Modelo Bralette (absorção moderada) da Pantys

Se você não quer investir em sutiãs específicos de amamentação, os modelos triângulos e nadador são ótimas opções. O modelo que trouxemos no primeiro post é na prática uma versão mais bela do top da Medela.

Esse é um modelo antigo da Jogê, mas existem muitas opções similares em muitas marcas!

Eu, Mari, já contei no primeiro post também o quanto fui fã das regatinhas de alça click enquanto amamentei. Eu sempre usei sem sutiã mesmo, elas tem um top meio embutido sabe? As minhas eram todas da H&M (loja de departamento aqui da Europa).

Nati aqui! Eu também usei e ainda uso essas mesmas blusinhas, que ganhei de uma amiga espanhola 🙂

Chique ela, né?!

Regatinha alça click (não precisa necessariamente usar sutiã por baixo. Eu não usava!)

2) Abertura frontal na região dos seios

Aqui o grande clássico são as camisas, cardigans (caso esteja mais frio) ou qualquer peça com botões ou zíper na frente dão fácil acesso aos seios. Essas são peças que não necessariamente precisam ser de gravidez, e provavelmente você já encontra no meu armário – ou no do seu marido!

PS: Mais sobre isso por vir. Fica aqui que as dicas de styling vem num outro post 😉

3) Peças com decote que possibilite acesso aos seios

Nessa categoria temos muitas opções de modelagem, sejam elas específicas para lactantes ou não. Para as peças que não foram feitas para lactantes, provavelmente as que tem elastano vão funcionar melhor (isso significa que elas esticam!).

E daí vale usar a criatividade para perceber dentro da modelagem da roupa, por onde o acesso aos seios será mais fácil – olha nessa foto como usei a manga cavada do vestido para amamentar pela lateral 😉

E a Fê, aproveitando o decote em “V” da blusa e dando só uma puxadinha pra baixo

Uma outra dica que vocês deixaram para a gente no Instagram foi usar blusas ou vestidos com manga morcego – e também amamentar pela lateral – super discreto! Ó um exemplo aqui embaixo:

A manga morcego possibilita a amamentação pela abertura grande lateral 😉

A seguir, uma grande galeria com diferentes blusas e vestidos para grávidas e lactantes com as mais diversas formas de dar acesso fácil aos seios. Todas as fotos são de uma marca francesa chamada Seraphine, que infelizmente não vende no Brasil. Mas pra compensar, aqui vão algumas marcas que conhecemos por aqui:

  • Agora sou mãe
  • Love milk
  • Joo Basics
  • Loja Whyalla
  • Emma Fiorezi
  • Mega Dose Moda Gestante
  • Você tem mais alguma pra compartilhar? Deixa pra gente nos comentários!

4) Parte de cima que dê pra levantar pela barra

Aqui na verdade é qualquer peça que você levante e pronto. Por experiência, blusas de tecido não muito grosso e com toque gostoso funcionam melhor para esse esquema – isso pra não ficar super embolado em cima do seio e, caso caia no rosto do bebê, não o irrite.

Um vez eu usei uma malha bem levinha com a ideia de amamentar assim, mas a malha soltava um pelinho que ficava entrando no olho e nariz do Tom, o deixando muito desconfortável – óbvio. Nem preciso dizer que voltamos pra casa correndo esse dia.

Pra quem tá se perguntando – o bebê dá uma boa escondida na barriga, caso isso te incomode.

5) Lenços e ponchos

Alguns bebês precisam de um ambiente mais reservado para se concentrar na amamentação. Um boa solução que algumas amigas usavam por aqui era esse xale-poncho-lenço – funcionava para cobrir o bebê enquanto estavam no seio e depois podiam ser usados de diferentes formas por elas.

6) Bônus!

Não dá para fazer um post sobre roupa e amamentação e não incluir dois temas campeões: Seios machucados (especialmente no início) e leite que vaza.

Sobre seios machucados:

A primeira dica para as mamães iniciando nessa jornada da amamentação é: procure ajuda da sua médica e, se possível, também de consultoras de amamentação. Mesmo com todo esse suporte a gente aqui passou por poucas e boas nesse assunto e procurar ajuda profissional vai ser muito valioso – e necessário – dependendo de como as coisas estiverem aí.

Dito isso, e entrando na parte que diz respeito à roupa, a verdade é que quando os seios estão machucados, a última coisa que queremos é uma roupa (ou qualquer coisa) tocando neles. Fazer topless pela casa é ótimo (e muito recomendado)! Mas se você precisar sair na rua, existem algumas soluções que ajudam, como as rosquinhas ou conchas coletoras.

As rosquinhas de peito além protegerem o mamilo do atrito com o sutiã ou roupa, também são absorventes, absorvendo leite que escorre durante a amamentação, e laváveis. Agora quer uma dica de amiga? Tanto as rosquinhas, quanto absorventes de seio são parte do Kit “Powerpério” da Limone 🙂

As conchas também protegem os seios e coletam leite. Mas tem alguns pontos de atenção: 1) As conchas coletam pouco leite. E dependendo do quanto você se mexer, o leite pode vazar da concha… terrível, eu sei. 2) Elas precisam ser MUITO BEM lavadas com frequência e, ainda assim, NÃO podem ser usadas de forma contínua. Isso porque fungos podem se proliferar no leite acumulado na concha e esses fungos, em contato com o bico rachado, podem ocasionar candidíase.

A maior dica aqui é combinar a concha com um sutiã que a segure no lugar. No meu caso aqui, foi o combo sutiã tipo top Medela + concha que permitiram eu dar saídas rápidas de casa, sem atrapalhar a cicatrização dos bicos. (Vale dizer que os kits da Limone ainda não existiam nessa época! rs)

Sobre leite que vaza:

Acho que esta está na lista de coisas que você só descobre quando vira mãe e daí se pergunta porque nunca ninguém tinha te falado disso antes!

Acontece o leite vazar é algo muito comum nas primeiras semanas do bebê, enquanto seu corpo ainda esta ajustando a produção de leite à demanda. E pode ser que perdure mesmo após essa fase (a gente prometeu te contar tudo, não foi?!). Mari falando aqui, o meu peito direito sempre vazou enquanto o Tom mamava no esquerdo… isso durou anos (kkkrying)

Algumas dicas: a própria rosquinha ou concha coletora que falamos acima podem funcionar. E o sutiã absorvente da Pantys também parece ser uma ótima nova opção no mercado.

Queremos apenas adicionar os absorventes de seios, que podem ser descartáveis ou laváveis – fica a seu critério 😉

Na minha experiência (Mari), eles funcionaram melhor em sutiãs com um pouco de bojo, assim não saiam do lugar e não faziam um formato estranho marcando a blusa.

Ufa, foi bastante coisa né?!

E você, tem alguma dica pra compartilhar com a gente?

Vamos adorar continuar essa conversa aqui nos comentários!

Beijos e até a próxima,

Mari, Nati e Fê

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: